• Nenhum item no carrinho

Claudia Andujar: no lugar do outro
Claudia Andujar: no lugar do outro Claudia Andujar: no lugar do outro Claudia Andujar: no lugar do outro Claudia Andujar: no lugar do outro Claudia Andujar: no lugar do outro Claudia Andujar: no lugar do outro Claudia Andujar: no lugar do outro

Claudia Andujar: no lugar do outro

Autor: Claudia Andujar
Organização: Thyago Nogueira
Projeto gráfico/Design: Elisa von Randow, Julia Masagão
Texto: Thyago Nogueira

Edição bilíngue/Bilingual edition
Indicado ao prêmio Jabuti 2016/Shortlisted for the 2016 Jabuti Prize

 

O catálogo é fruto de dois anos de pesquisa no arquivo da fotógrafa Claudia Andujar, dedicado ao período que se estende da chegada da fotógrafa em São Paulo, em 1955, até as primeiras viagens para a Amazônia, no começo dos anos 1970. Foi lançado em 2015 a propósito da exposição Claudia Andujar: no lugar do outro, no IMS Rio.

Dividido em quatro núcleos, este livro reúne as diferentes perspectivas a partir das quais a artista explorou a fotografia e o país durante os anos 1960 e 1970 (anterior ao envolvimento da fotógrafa com os índios Yanomami): a imersão antropológica, o fotojornalismo, as experimentações urbanas e o interesse pela natureza. Guiada por uma visão humanista, a fotógrafa aventurou-se em realidades que desconhecia e aproximou-se de grupos fechados e marginalizados, usando sua câmera para entender o outro e conhecer a si própria. Um deslocamento que também ocorreu no âmbito geográfico, quando foi obrigada a reconstruir a vida em um novo país.

Nesse período, Andujar desenvolveu em seu trabalho a combinação de mergulho antropológico, experimentação visual e engajamento político, que mais tarde sintetizou de forma brilhante entre os índios Yanomami, transformando a documentação e a proteção desse povo em missão de vida. Com o tempo, a produção ligada aos índios se sobrepôs ao extenso trabalho dos anos anteriores. Ao resgatar a primeira parte de sua carreira, o livro ajuda a entender a amplitude e a complexidade da produção de uma das mais importantes fotógrafas brasileiras.

 

Claudia Andujar: In the Place of the Other

This catalog results from two years’ research into the work of photographer Claudia Andujar in the collection of the IMS. It covers the period from her first arrival in São Paulo, Brazil in 1955 to her first trips to the Amazon in the early 1970s. The catalog was published in 2015 to accompany the exhibition Claudia Andujar: in the place of the other, which was shown at the IMS Rio in that year.

The book is divided into four sections, each of which explores a different aspect of her photography of Brazil during the 1960s and 1970s, before she started working with the Yanomami tribe. The first section looks at her anthropological work, and is followed by sections focusing on her photojournalism, her experiments with urban landscapes, and her interest in nature. With a humanist view of the world, Andujar ventured into the unknown, into closed and marginalized communities. She used her camera to build an understanding of the other and herself. This exploration of the new extended to the geographical, when she was obliged to rebuild her life in a new country.

This period saw Andujar immersing herself in anthropology as she experimented both visually and thematically and became politically engaged – all of which later she brilliantly synthesized in her work amongst the Yanomami indigenous peoples, transforming the documentation and protection of this indigenous people into her life’s mission. Over time, her work with the Yanomami has overshadowed her extensive work from the period prior to that life-changing experience. By revisiting her pre-Yanomami photographic work, this book helps us understand the breadth and complexity of the work of one of Brazil’s most important photographers.

 

Mais informações/more information: ims.com.br/exposicao/claudia-andujar-no-lugar-do-outro

Páginas: 256
Formato: 26x21cm
ISBN: 9788583460251
Idioma: Português/English
Lançamento: Outubro/2015
Acabamento: Brochura/Soft cover

R$129,90

Adicionar à Lista de Desejos

Claudia Andujar

Autor

nasceu na Suíça, em 1931, e em seguida mudou-se para Oradea, na fronteira entre a Romênia e a Hungria. Em 1944, com a perseguição aos judeus durante a Segunda Guerra Mundial, fugiu com a mãe para a Suíça, e depois emigrou para os Estados Unidos. Em Nova York, desenvolveu interesse pela pintura e trabalhou como intérprete na Organização das Nações Unidas. Em 1955, veio ao Brasil para reencontrar a mãe, e decidiu estabelecer-se no país, onde deu início à carreira de fotógrafa. Ao longo das décadas seguintes, percorreu o Brasil e colaborou com revistas nacionais e internacionais, como Life, Aperture, Look, Cláudia, Quatro Rodas e Setenta. A partir de 1966, começou a trabalhar como freelance para a revista Realidade. Recebeu bolsa da Fundação Guggenheim (1971) e participou de inúmeras exposições no Brasil e no exterior, com destaque para a 27a Bienal de São Paulo e para a exposição Yanomami, na Fundação Cartier de Arte Contemporânea (Paris, 2002).

was born in Switzerland in 1931 and then moved to Oradea, on the border between Romania and Hungary. Suffering from the persecution of the Jews during the Second World War, she fled with her mother in 1944 to Switzerland, and then immigrated to the United States. In New York she became interested in painting and worked as an interpreter for the United Nations. In 1955 she came to Brazil to meet her mother and decided to settle in the country, where she started her career as a photographer. Over the following decades she traveled throughout Brazil, working with domestic and international magazines such as Life, Aperture, Look, Claudia, Quatro Rodas and Setenta. In 1966 she started working as a freelance photographer for the magazine Realidade. She received a scholarship from the Guggenheim Foundation in 1971 and her works was shown in numerous exhibitions in Brazil and abroad, including the 27th Bienal de São Paulo, and the exhibition Yanomami at the Cartier Foundation for Contemporary Art in Paris in 2002.

Thyago Nogueira

Organização,Texto

Thyago Nogueira é coordenador da área de Fotografia Contemporânea do Instituto Moreira Salles e editor da Revista ZUM.