• Nenhum item no carrinho

DVD A batalha de Argel
DVD A batalha de Argel

DVD A batalha de Argel

Diretor: Gillo Pontecorvo

A batalha de Argel descreve eventos decisivos da guerra pela independência da Argélia, marco do processo de libertação das colônias europeias na África. A ação concentra-se entre 1954 e 1957 (a guerra só terminaria em 1962), mostrando como agiam os dois lados do conflito: enquanto o Exército francês recorria à política de eliminação e à tortura, a Frente de Libertação Nacional (FLN) desenvolvia técnicas não convencionais de combate baseadas na guerrilha e no terrorismo. A narrativa mistura técnicas de documentário e de ficção. “O filme começou na prisão, eu condenado à morte” – conta Saadi Yacef, produtor e autor do relato autobiográfico que inspirou o roteiro. “Vivíamos a descolonização, a época em que o colonizado decidiu ser mestre de seu destino. Um dia fui preso e condenado à morte. E, quando se está sozinho numa cela, tenta-se preencher os dias. Eu fazia filmes na cabeça. Lembrava do que vivi antes de ser preso.” Beneficiado com um indulto, transferido para uma prisão francesa, Saadi escreveu um livro de memórias, Souvenirs de la Bataille d’Alger. Libertado em 1962, foi para a Itália, buscar um diretor e um roteirista capazes de traduzir seu livro em linguagem cinematográfica: Gillo Pontecorvo, o realizador de Kapò, e Franco Solinas, autor do roteiro de O bandido Giuliano.

Título Original: La bataille d’Alger \ La battaglia di Algeri
Elenco: Brahim Haggiag, Jean Martin, Saadi Yacef, Samia Kerbash, Fusia El-Kader
Ano: 1965-1966
Duração: 121 min. aprox.
Idioma: Francês e árabe
Formato da Tela: 4x3
Cor: Preto e branco
Legenda: Português
Classificação Indicativa: 14 anos
País: Argélia, Itália
Gênero: Documentário e Ficção
Informações Adicionais / Extras:

Depoimento de Yacef Saadi a José Carlos Avellar (gravado em 2005) Livreto “A verdade 24 vezes por segundo”, com análise crítica por José Carlos Avellar.


Lançamento: Julho/2014

R$44,90

Adicionar à Lista de Desejos

Gillo Pontecorvo

Diretor


Diretor e roteirita, Gillo Pontecorvo (Itália, 1919-2006) dirigiu filmes por mais de uma década antes de realizar "A batalha de Argel", seu filme mais conhecido. Dentre seus outros trabalhos estão Kapò (1960) e "Burn!" (1969). Realizou cinco filmes de ficção dentro de uma filmografia construída principalmente em torno do cinema documentário. No início de sua carreira como cineasta, Pontecorvo foi assistente de Yves Allégret, Mario Monicell, Francesco Maselli e Cesare Zavattini.

Dentre muitos outros prêmios, "A batalha de Argel" recebeu o Leão de Ouro no Festival de Veneza de 1966.