• Nenhum item no carrinho

Norte: Marcel Gautherot
Norte: Marcel Gautherot

Norte: Marcel Gautherot

Fotógrafo: Marcel Gautherot

Lançado paralelamente à exposição Marcel Gautherot – Norte, realizada nos centros culturais do ims em 2009 e 2010, este livro conta com 72 fotografias de Gautherot e texto de apresentação de Milton Hatoum e Samuel Titan Jr., também curadores dessa mostra. 

Em 1939, quando chegou ao Brasil pela primeira vez, o parisiense Marcel Gautherot queria subir e fotografar todo o curso do rio Amazonas. A viagem foi interrompida pela Segunda Guerra Mundial – a mesma guerra que, um ano depois, obrigaria o jovem fotógrafo a se radicar no Brasil, seu país de adoção até o fim da vida. No curso das três décadas seguintes, Gautherot voltou repetidamente à Amazônia, fascinado pela paisagem vasta, instável e anfíbia, que desafiava seu olhar europeu e o convidava a uma verdadeira aventura da sensibilidade. O resultado é uma vasta produção de imagens, em que Gautherot a um só tempo trava contato com a nova paisagem brasileira e reflete sobre sua própria memória pictórica ocidental. Ao fazê-lo, Gautherot deixa para trás as fronteiras entre os gêneros fotográficos e cria uma nova síntese de retrato e paisagem, documento e abstração, forma e caos.


R$56,00

Adicionar à Lista de Desejos

Marcel Gautherot

Fotógrafo

Marcel Gautherot (Paris, 1910-Rio de Janeiro, 1996) estudou na Escola Nacional de Artes Decorativas e trabalhou alguns anos como arquiteto de interiores e projetista de móveis. Em 1936, ingressou no Museu do Homem, no qual desenvolveu seus conhecimentos técnicos de fotografia. Em 1939, viajou pela primeira vez ao Brasil, para uma expedição que começaria na Amazônia e terminaria no carnaval do Rio de Janeiro; a viagem foi interrompida no início de 1940 pelo início da Segunda Guerra Mundial. Depois de poucos meses junto às tropas francesas no Senegal, Gautherot voltou ao Brasil, onde viveria pelo resto da vida. Radicado no Rio de Janeiro, em mais de meio século de vida no Brasil, Gautherot viajou por todo o país, produzindo uma obra fotográfica de valor documental e qualidade artística incomparáveis.