• Nenhum item no carrinho

Olhar direto: fotografias de Paul Strand
Olhar direto: fotografias de Paul Strand

Olhar direto: fotografias de Paul Strand

Autor: Paul Strand

Catálogo da exposição Olhar direto: fotografias de Paul Strand, realizada em 2009 pelo Instituto Moreira Salles em parceria com a Aperture Foundation, instituição americana responsável por preservar e divulgar a obra do americano Paul Strand e editora internacional de livros de fotografia.

Dividida em três partes – “Primeiros anos” (décadas de 1910-1920), “Nova Inglaterra” (décadas de 1920-1940) e “Viagens e ensaios” (décadas de 1930-1970) –, a obra traz ainda prefácio de Heloisa Espada (uma introdução à obra de Strand) e cronologia. Este lançamento integra a fase de intercâmbio internacional iniciada pelo ims a fim de trazer ao público brasileiro nomes fundamentais da fotografia clássica e contemporânea.

 


R$65,00

Adicionar à Lista de Desejos

Paul Strand

Autor

Paul Strand (Nova York, 1890-Orgeval, França, 1976) tornou-se uma referência na história da fotografia do século xx, sobretudo pelo impacto provocado por sua obra mostrada em Nova York, nos anos 1910 e 1920, em galerias e revistas de arte moderna. Suas fotos apresentavam uma abordagem direta da vida nas ruas da metrópole industrial, o que era incomum naquele contexto. Naturezas-mortas, closes de utensílios domésticos e máquinas revelavam um novo ponto de vista sobre o cotidiano, além de estarem estreitamente vinculadas à pintura de vanguarda da época, como o cubismo e o abstracionismo geométrico. Durante os anos 1930 e o início da década seguinte, Strand dedicou-se quase que exclusivamente à realização de filmes documentários, nos quais trabalhou como produtor, fotógrafo, diretor e editor.