Chichico Alkmim, fotógrafo

O Instituto Moreira Salles lança o catálogo da exposição homônima  Chichico Alkmim, fotógrafo, com imagens de Minas Gerais do começo do século XX. . Com cerca de 170  imagens produzidas pelo fotógrafo mineiro Francisco Augusto Alkmim (1886-1978) a publicação apresenta registros de trabalhadores ligados ao pequeno garimpo, ao comércio e indústria em Diamantina, além de ter fotografadocasamentosn, batizados, funerais, festas populares e religiosas, paisagens e cenas de rua.  

Segundo Eucanaã Ferraz, no texto que abre o catálogo da exposição, “Chichico é daqueles fotógrafos que parecem ter o poder de fazer vir ao primeiro plano a vida de seus modelos. E é patente a densidade existencial que se expressa no conjunto de características físicas que chamamos fisionomia, compreendida como a realização momentânea de um destino”.

O catálogo trás textos do fotógrafo e escritor Pedro Karp Vasquez, da professora Dayse Lúcide Silva Santos, do professor Marcos Lobato Martins  e do curador Eucanaã Ferraz.

 




Autor - Francisco Augusto Alkmim


Francisco Augusto Alkmim (1886-1978) estabeleceu-se em Diamantina depois de viajar por Minas Gerais vendendo joias com seu pai. Ao chegar, encontrou uma cidade que já se distanciava dos dias de glória do período da farta exploração de diamantes. Chichico registrou as mudanças nesse universo, que flutuava entre a modernização e a tradição, fotografando a paisagem e seus habitantes. Sua...Leia mais

Especificações

Formato: 28 x 23,5
Páginas: 176
Por: R$ 114,50 Comprar